segunda-feira, 1 de julho de 2013

The Body Shop, Uma Experiência Pessoal (E Masculina)

Uma pequena introdução pela minha mão, e depois deixo o post todo ao cuidado do Pedro. Como sei que, apesar de serem poucos, há por aqui alguns homens a ler o blogue, achei que valeria a pena convidar o Pedro a escrever sobre a sua experiência com a TBS, que se iniciou há uns meses. O texto é da autoria dele e escreveu sobre aquilo que considerou relevante na sua experiência até agora. Espero que gostem!

Fui convidado a escrever este mesmo artigo pela Ana para poder apresentar a minha visão sobre os produtos e a família The Body Shop. Embora tenha desde tenra idade a pele da face oleosa e atacada pelo acne, a verdade é que nunca lhe dei a atenção devida, limitei-me durante anos seguidos a comprar produtos de supermercado que, não sendo maus, nunca me satisfizeram por completo. E eis que, por mero acaso e num cruzamento de conversas, a Ana me envia umas amostras da linha Tea Tree (e de um gel de banho de chocolate, Chocomania!).

Foi então que experimentei os produtos The Body Shop e aprendi a nunca subestimar o poder de uma amostra. Converti-me num instante a esta gama para peles oleosas e com tendência ao aparecimento de borbulhas. Quando depois me dirigi a uma loja fui muito bem atendido e conseguiram explicar-me claramente para que servia cada tipo de creme. Acabei por comprar a espuma de lavagem, o creme hidratante, o creme esfoliante e também o óleo para os dias em que o ataque de borbulhas é mais complicado.


Não tive que alterar a minha rotina diária para poder aplicar os cremes que comprei, sendo que, se num caso limitei-me a substituir um produto regular pelo gel de lavagem Tea Tree, no outro bastou aplicar depois o creme hidratante que controla a minha oleosidade até aqui constante. Já o creme esfoliante e o óleo aplico apenas duas a três vezes por semana quando sinto maior necessidade em controlar as borbulhas. São pequenos passos que não devem assustar o público masculino, com um simples e rápido investimento no cuidado da nossa pele conseguimos alcançar resultados bastante satisfatórios que nos ajudam a motivar o nosso dia-a-dia. 

Ao fim de algumas semanas senti que os produtos adquiridos começaram a mostrar resultados visíveis na minha pele. A oleosidade é agora mais controlada e sem ceder na hidratação; e as borbulhas, embora ainda surjam por vezes, muito raramente chegam a crescer e a formar pus como há uns meses atrás. Com uma experiência tão positiva é difícil não recomendar os produtos da The Body Shop. Um outro factor que considero relevante é o preço. Em alguns casos os produtos são, ao contrário da imagem que tinha inicialmente, mais baratos que os seus semelhantes das grandes-superfícies. Ainda para mais com a compra do cartão fidelidade (Love Your Body), temos acesso a descontos imediatos e muitos outros durante um ano inteiro.

Termino estas palavras com o conselho de pedirem ajuda para que possam adquirir os produtos que melhor se adequam à vossa pele e ao vosso corpo. Nas lojas The Body Shop certamente encontrarão a atenção necessária para saírem de lá com o produto certo que vos irá verdadeiramente satisfazer. Foi o que me aconteceu.

Pedro Carreira

2 comentários:

  1. Muito bem, gostei de ver! Agora tenho que mostrar este post ao meu namorado para ver se ele se deixa de pieguices e começa a tratar da pele como deve ser!

    ResponderEliminar

Deixa-nos a tua opinião!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...